Júlio Trindade recebe o título de Cidadão Amontadense

24/03/2007 às 12h03 - Portal Pirata

Júlio Trindade

Júlio Trindade

O empresário e produtor cultural Júlio Trindade, sócio proprietário do Pirata Bar e presidente da Fundação Pirata Marinheiros, recebeu no dia 24 de março de 2007 o título de Cidadão Amontadense, entregue pelo prefeito Edvaldo Assis. A solenidade foi realizada na Câmara Municipal de Amontada. O projeto de lei, aprovado por unanimidade, é de autoria do vereador Antonio Aragão Albano.

Desde que chegou a Amontada, há mais de 20 anos, Júlio Trindade desenvolve ações e projetos que geram sustentabilidade econômica, cultural e ambiental para diversas comunidades do município. Ajudou a criar a Escola Comunitária de Caetanos, em Amontada (atual Escola Municipal); fundou a Associação de Moradores de Caetanos, a Colônia de Pescadores de Amontada, também em Caetanos e o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Amontada. Fundou o Projeto Tamar no Ceará, movimento ecológico em defesa da tartaruga marinha, nascido em Amontada. Criou 514 hectares de Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN, que garante a preservação perpétua de ecossistemas litorâneos, na região de Amontada e Itapipoca. Idealizou o Projeto Pirata Brasil Brest 2004, que levou 17 jangadeiros e pescadores de Amontada e Itapipoca para participar do maior festival náutico do mundo, em Brest, região da Bretanha, na França.

Em comunidades de Amontada, a Fundação Pirata Marinheiros desenvolve palestras educativas, eventos de incentivo e preservação das tradições locais, colônias de férias para as crianças e mantém a Casa dos Nós, espaço comunitário onde funcionam uma biblioteca, uma brinquedoteca, aulas de reforço escolar, atividades de motricidade, orientação e incentivo à pesquisa e à leitura. A Fundação, através da Casa do Nós, também apóia e incentiva grupos de teatro e de dança em eventos culturais e datas comemorativas.

Perfil
Nascido em Lisboa e naturalizado brasileiro, Júlio Trindade percorreu o mundo com a esposa e o filho em busca do lugar ideal para viver. Passaram pela França, Estados Unidos, Canadá e Caribe até chegarem ao Brasil, em 1981. Sua primeira residência foi a Bahia, onde foi um dos fundadores do Projeto Tamar, de proteção às tartarugas marinhas.

A convite de uns cearenses hospedados na sua pousada na Praia do Forte, a família Trindade, em 1985, veio conhecer o Ceará. Foi na região de Amontada e Itapipoca, que a família encontrou o seu “lugar ideal para viver”. A partir do seu espírito solidário, passaram a ajudar as comunidades locais na reivindicação de melhores condições de vida.

Em 1986, Júlio e seu filho Rodolphe criaram o Pirata Bar, empreendimento cultural e turístico que incorpora o conceito de responsabilidade social e o respeito às tradições locais e à identidade cultural de seus colaboradores. Hoje, o Pirata emprega cerca de 150 pessoas.

Em 1991, já com reconhecida experiência na área de responsabilidade social, a família Trindade criou a Fundação Pirata Marinheiros, que desenvolve suas atividades nas áreas de Educação para a cidadania, Preservação e educação ambiental e Desenvolvimento comunitário nos municípios de Amontada, Itapipoca e Fortaleza.

Em 1993, um terreno de 50 hectares em Amontada, de propriedade da família de Júlio, se tornou a primeira Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN de bioma litorâneo do Ceará. Em 1996, esse patrimônio ambiental foi ampliado em mais 464 hectares, com outra RPPN, no município de Itapipoca. Como são áreas vizinhas, o Estado conta hoje com um total 514 hectares de litoral protegidos integralmente, sem que órgãos governamentais precisem arcar com os custos dessa preservação.

Júlio Trindade é membro fundador do Fórum Permanente em Defesa da Praia de Iracema e da Associação Asa Branca de proprietários de RPPN’s. É membro representante do Trade Turístico do Comitê de Enfrentamento À Violência Infanto-juvenil, do qual participam várias secretarias do Governo do Estado, e do Conselho de Turismo da Costa do Sol, entidade que reúne instituições representativas do terceiro setor do Ceará.

Criou e executou o Projeto Piratinhas do Forró, que durante dois anos capacitou jovens em situação de risco para atuarem como músicos, e o Projeto Pirata Forró Solidário, que, em parceria com a Capacitação Solidária, durante seis meses capacitou 30 jovens músicos. (O Projeto Pirata Forró Solidário foi convidado a se apresentar no evento do BIRD em 2002). Criou o Projeto Esta Praia Tem Futuro, projeto de revitalização da Praia do Futuro.

Júlio é parceiro e incentivador da Federação de Quadrilhas do Ceará e parceiro da Secretaria do Meio Ambiente (SEMACE) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA) na realização de diversos eventos.

Desde 1997, é agraciado pela Fundação Abrinq com o título de Empresário Amigo da Criança. Em 1999, Júlio Trindade recebeu o título de Cidadão de Fortaleza, da Prefeitura Municipal de Fortaleza.

Rua dos Tabajaras, 325 - Fortaleza, CE

pirata@pirata.com.br

+55 (85) 4011-6161

Fique por dentro de tudo!